“Por isso, quando Cristo veio ao mundo, disse: “Sacrifício e oferta não quiseste, mas um corpo me preparaste; de holocaustos e ofertas pelo pecado não te agradaste”. Então eu disse: Aqui estou, no livro está escrito a meu respeito; vim para fazer a tua vontade, ó Deus” (Hebreus 10:5-7).

É mera especulação afirmar quais teriam sido as últimas palavras de Cristo antes de ele se tornar um bebê no útero de Maria. Mas bem que poderiam ter sido essas! No Salmo 40:6-7, citado pelo autor da carta aos Hebreus, Davi mostra uma noção teológica profunda do que se passava no coração de Deus. Ele reconheceu que Deu não ficava satisfeito com rituais e práticas religiosas, tais como sacrifícios e ofertas; o que Deus deseja é uma vida completamente dedicada a obedecê-lo e servi-lo. Davi sabia que sua responsabilidade era submeter-se totalmente a Deus.

Como raiz de Davi, o Senhor Jesus cumpriu essa profecia. A vontade de Deus foi totalmente realizada pelo Senhor Jesus Cristo quando ele assumiu a forma humana e obedeceu completamente a vontade de Deus, morrendo na cruz e ressuscitando.

O escritor aos Hebreus acrescenta ainda que o sistema de sacrifícios do Antigo Testamento foi substituído quando Cristo ofereceu a si mesmo, de uma vez por todas (Hebreus 10:10). Sacrifícios com ou sem sangue tornaram-se desnecessários. Um sistema melhor foi colocado no lugar, porque, em Cristo, os pecados são perdoados completamente. É por isso que Hebreus 10:12 diz que Jesus “se assentou”, e agora espera a hora de reinar (v.13). Deus seja louvado!

Por Dr. Stanley D. Toussaint, professor sênior emérito aposentado de Exposição Bíblica.

Tradução de Eduardo Tavares
Original em DTS